Sábado, 18 de Abril de 2009

Hannibal ad Portas

Descansem, não estou a dizer que vem aí o Aníbal adicionado ao Portas. É só o Aníbal que aí vem, que já chegou, às portas de S. Bento, onde um dos seus elefantes se deixou apanhar, como se vê na foto.

 

Anibal, aliás, não se limita a estar acampado às portas do Governo e da Assembleia: todas as semanas faz rombos nos seus adversários, a tiros de manchetes e sound-bites (mordidelas de som!), cada vez mais arrasadoras, como muito bem nota a sua legião de comentadores militantes – nos jornais, nos blogues e nas televisões. E tão pluralistas que elas estão as televisões: ontem na RTP, moderado por José Rodrigues dos Santos, a seguir ao Telejornal, o debate alargou-se – da extrema esquerda do Bloco (José Manuel Pureza) à extrema esquerda do MRPP (Garcia Pereira) – todos em uníssono feitos altifalantes do processo de flagelação em curso.

 

É mais do que evidente que vem aí o estoiro, o grande estoiro, que este blogue profetiza desde o título. Não é para já. Primeiro, queimado por todos os lados, dia após dia, o PS há-de perder as europeias – o que em si não teria importância de maior, até poderia convir a Sócrates, como a derrota de Outubro de 1985 serviu a Mário Soares em Fevereiro de 1986.

 

Só que “as Jornadas de Junho” (ou de Julho) sempre serviram de ensaio geral para a “revolução de Outubro”. O cerco, o tiroteio, de fora e de dentro, judicial e jornalístico, vai agravar-se no Verão – nós sabemos como pôr de pé um Verão bem quente.

 

E em Outubro, com o PSD a surfar ufano na onda que se ergueu em Belém, não só o PS não terá a maioria absoluta – e só isso já nos levaria ao pântano, à ingovernabilidade, com Cavaco a espingardar dia sim , dia não, e o poder dos sovietes (sovietes de professores, sovietes de juízes, sovietes de médicos, sovietes de jornalistas… que é tudo coisa fina). O PSD fica, tem de ficar, à frente do PS. Só que também ele não terá maioria absoluta. Nem com a ajuda, sempre desinteressada, do CDS/PP.

 

E então? Um governo de iniciativa presidencial, liderado por Manuela Ferreira Leite, com o PSD sozinho, António Borges a ministro da Economia (e toda a rapaziada do Compromisso Portugal nos postos de comando), e Pacheco Pereira a ministro da Informação.

 

De repente, cobram os professores, reivindicam os juízes, inquietam-se os jornalistas, mandam os médicos, recuperam os donos das off-shores, reclamam os depositantes, denuncia o Pacheco, proclama o Borges, Ferreira Leite declara o primado da mão invisível e proíbe investimentos do Estado, Aníbal regressa a Cartago com os seus elefantes, grita o Bloco, manifesta o PCP, ocupam os grevistas, fogem os capitais, assaltam os desempregados, acendem-se por toda a parte as fogueiras da revolta, GNR recusa-se a intervir, nem que lhe paguem horas extraordinárias.

 

Vai ser o bom e o bonito. Intervencionismo populista, nunca mais. Nunca mais a claustrofobia democrática. Nenhuma mordaça, nunca mais. Ainda havemos de ser miuito felizes.

publicado por JTeles às 18:49
link do post | comentar
1 comentário:
De maria sefras a 20 de Abril de 2009 às 12:02
Este Aníbal nunca me convenceu, nem há 20 anos, nem há 4, nem agora. Como tal, nada disso me surpreende.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. O estoiro da boiada está ...

. A lógica de um clérigo mu...

. O vídeo da compra dos vot...

. El golazo de Saviola

. A verdade a que temos dir...

. Fez a Prisa muito bem!

. "Caim": O novo romance de...

. Olho neles!

. Um candeeiro alimentado a...

. Uma zanga a sério entre m...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

. 72 virgens ou 72 uvas ? O...

. Daily Show investiga soci...

. Leituras de domingo

. Que faz o MP? Onde pára o...

. D. Januário envergonhado ...

. A História não se repete ...

. Hannibal ad Portas

. Saramago contra as FARC:...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds