Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

UE pode morrer de inanição

A extrema esquerda quer travar os investimentos europeus, paralisar a aprovação do Tratado de Lisboa, reduzir ao mínimo a acção da Comissão Europeia. Já quanto à extrema direita o que ela quer é travar os investimentos europeus, paralisar a aprovação do Tratado de Lisboa, reduzir ao mínimo a acção da Comissão Europeia. Durão Barroso, se continuar à frente da Comissão, arrisca-se a não passar de pau mandado de Sarkozy, de Berlusconi, de Cameron, e de outros líderes proteccionistas. E nós arriscamo-nos, a Europa arrisca-se, a morrer de inanição. como na parábola de Georges Perec, que começava assim:


 

Trois cardinaux, un rabbin, um amiral franc-maçon, un trio d'insignificants politicards soumis au bon plaisir d'un trust anglo-saxon, ont fait savoir à la population par radio, puis par placards, qu'on risquait la mort par inanition.
On crut d'abord à un faux bruit. Il s'agissait, disait-on, d'intoxication. Mais l'opinion suivit. Chacun s'arma d'un fort gourdin. "Nous voulons du pain", criait la population, conspuant patrons, nantis, pouvoirs publics.
Ça complotait, ça conspirait partout. Un flic n'osait plus sortir la nuit. À Mâcon, on attaqua un local administratif. À Rocamadour, on pilla un stock: on y trouva du thon, du lait, du chocolat par kilos, du maïs par quintaux, mais tout avait l'air pourri. À Nancy, on guillotina sur un rond-point vingt-six magistrats d'un coup, puis on brûla un journal du soir qu'on accusait d'avoir pris parti pour l'administration. Partout on prit d'assaut docks, hangars ou magasins.
Plus tard, on s'attaqua aux Nord-Africains, aux Noirs, aux juifs. On fit un pogrom à Drancy, à Livry-Gargan, à Saint-Paul, à Villacoublay, à Clignancourt. Puis on massacra d'obscurs trouffions, par plaisir..
 
E por aí adiante. "La disparition"  da União Europeia pode ter começado ontem. Ninguém deu por isso? A inanição é isso mesmo.

 

tags: ,
publicado por JTeles às 20:41
link do post | comentar
Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Europeias - Previsões globais e em cada um dos 27

 

 

Nem só do que se passa na mesquinha campanha interna, vivem as eleições europeias. Vale a pena ver o que passa globalmente (não somos mais do que 22 em 736) e também em cada um dos 27 Estados da UE, a partir deste Predict09.eu.

 

publicado por JTeles às 17:07
link do post | comentar
Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

PSD ou CDS/PP vai dar ao mesmo


Andam tão distraídos os nossos jornalistas em campanha – e por vezes até dá a impressão que têm uma campanha própria, ofendem-se com o que dizem uns e vão-se queixar aos outros –  que ainda não se lembraram de indagar onde param, ou hão-de ir parar, os deputados que elegemos.

 

PSD e CDS/PP podem parecer irmãos desavindos aos eleitores desta vez (em 2004 estavam ambos no Governo e concorreram mesmo coligados) mas vão ser aliados e  companheiros de luta no grande Partido Popular Europeu –  de Ângela Merkel a Silvio Berlusconi – que começou por ser o grupo europeu do CDS em 1987 e 1989, quando este partido era democrata-cristão, contava perto de 900 mil votos e elegia quatro deputados europeus.

publicado por JTeles às 23:25
link do post | comentar
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Despesas pagas em média a cada deputado europeu

São 400 mil Euros por ano, só em despesas pagas, para cada deputado europeu, segundo o estudo publicado hoje no mais lido dos jornais britânicos, o The Sun. Veja aqui.

 

publicado por JTeles às 13:53
link do post | comentar
Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Nós e as europeias (2): Paulo Rangel

Pois, desta vez não desgostei! Falo da sua entrevista ao novo jornal i. Nos blogues, os destaques que vi são a aparente atrapalhação do candidato do PSD quando se confessa antigo "compagnon de route" do CDS/PP - "participei nuns conselhos" - e a ligeira confusão sobre a data da sua adesão formal ao PSD - "tenho um problema com as militâncias".

 

Foi o que me levou a ir ler na íntegra a entrevista de Paulo Rangel ao i. Pois no fim de contas, pela primeira vez nesta campanha, achei-o espontâneo e verdadeiro. Com posições desempoeiradas em várias matérias sensíveis.

 

Assume os ideais do federalismo europeu sem papas na língua (maizena ou outras) mas com realismo e estou de acordo com ele. Explica com total credibilidade as razões porque sendo favorável a um referendo europeu, concordou que na situação actual da Europa se justificava "um avanço mais intergovernamental do que popular", o que também me pareceu sensato.

 

Também demonstra ter ideias arejadas, e no fundo muito críticas, quanto às mais polémicas das posições da Igreja Católica, de que faz parte. É pela ordenação das mulheres, pelo fim do celibato dos padres. Assume-se como "radical activista" contra as posições da Igreja em matéria de anticonceptivos e  na questão dos homosexuais. Se Bento XVI sabe disso ainda manda excomungá-lo.

 

Pois quanto à sua posição na Igreja vai mais longe do que ia Guterres em 1995 em vésperas da sua primeira vitória eleitoral. Sei porque o entrevistei então para o Semanário

e lembro-me perfeitamente como as posições descomplexadas de Guterres a favor da ordenação de mulheres e contra o celibato dos padres escandalizaram alguns católicos ortodoxos como Marcelo Rebelo de Sousa.

 

Fico a aguardar com cufriosidade a nota que o Professor Marcelo irá dar ao seu "mau aluno" Rangel na próxima homilia dominical.

 

Em tempo: Continuo a considerar Vital Moreira o melhor dos cinco. Mas ainda faltam duas semanas para as eleições.

tags: ,
publicado por JTeles às 03:26
link do post | comentar | ver comentários (2)

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. UE pode morrer de inaniçã...

. Europeias - Previsões glo...

. PSD ou CDS/PP vai dar ao ...

. Despesas pagas em média a...

. Nós e as europeias (2): P...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

. 72 virgens ou 72 uvas ? O...

. Daily Show investiga soci...

. Leituras de domingo

. Que faz o MP? Onde pára o...

. D. Januário envergonhado ...

. A História não se repete ...

. Hannibal ad Portas

. Saramago contra as FARC:...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds